Clipping – 15/07

Voltar ao Blog

Clipping – 15/07

Bom dia e sejam bem-vindos ao nosso Clipping EGA!

O dia começou com noticia boa para o planeta. Ontem, a União Europeia divulgou o plano mais ambicioso da história para enfrentar as mudanças climáticas. A meta a ser alcançada até 2030 é que os 27 países do bloco reduzam as emissões do efeito estufa em 55%. Vem muitas ações concretas por aí! (Leia Mais)

Em compensação, ontem no Brasil foi um dia bastante turbulento. Jair Bolsonaro foi internado em Brasília e transferido para São Paulo, pois enfrenta um quadro de obstrução intestinal. (Leia Mais)

A diretora da Precisa Medicamentos, Emanuela Medrades, voltou à CPI para dar o seu depoimento e contradiz algumas informações de depoentes anteriores.

O governador do Estado de São Paulo, João Doria, suspendeu o home office para os funcionários públicos do estado, com exceção dos que ainda não foram vacinados ou com condições médicas graves.

No mundo da logística e comércio exterior, algumas noticias se destacaram nos últimos dias:

1) Porto de Santos vê prejuízo de até R$ 5,85 bi com decisão do TCU

O Porto de Santos calcula prejuízos entre R$ 820,5 milhões e R$ 5,85 bilhões com a decisão do Tribunal de Contas da União (TCU) que obriga a autoridade portuária (SPA) a renovar o contrato da Marimex, operadora que não possui acesso direto ao porto.

O Porto deve esperar até que haja um novo operador ferroviário para atendê-lo, o que deve ocorrer apenas em 2025. Os cálculos financeiros das perdas variam a depender do tempo de contrato a ser concedido à Marimex.

2) Linha entre o Porto de Santos e o de Ningbo

 

(Wikipedia Commons)

A China United Lines inaugurou na quarta-feira (14) um novo serviço, ligando o Porto de Ningbo, cidade 220 quilômetros de Xangai, ao Porto de Santos. O forte da cidade portuária chinesa está na produção de eletrodomésticos.

É a primeira vez que a empresa chinesa cria uma linha para a América do Sul. O serviço entre os dois continentes será operado em parceria com a Cosco Shipping. O transporte de cargas se dará em containers multifuncionais. 

Ao que tudo indica, 2021 é o ano da expansão da companhia para além de seu país de origem. No primeiro trimestre, ela lançou uma pequena operação de 4.000 TEU para entrar no comércio Ásia-Europa. E, ainda este mês, lança dois novos serviços, para as Filipinas e a Tailândia.

3) Relator conclui texto sobre MP que digitaliza o transporte de cargas

Relator da medida provisória que cria o Documento Eletrônico de Transporte (DT-e), o deputado gaúcho Jerônimo Goergen pretende liberar o texto da matéria para votação ainda antes do recesso que começa no dia 17 de julho.

O DT-e é uma plataforma que pretende reduzir burocracia e digitalizar a documentação obrigatória no transporte rodoviário e intermodal de cargas. Segundo estimativa do governo, mais de 90 documentos estarão reunidos num só lugar, a partir da entrada em vigor da nova regra.

4) Antaq e área STS10

A Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) concordou em participar de uma eventual arbitragem envolvendo a Ecoporto e a Secretaria Nacional de Portos e Transportes Aquaviários (SNTPA) sobre a área STS-10 (Saboó), no Porto de Santos.

A diretoria colegiada decidiu, no entanto, que não vai revisitar a decisão anterior que negou pedido de reequilíbrio da ordem de R$ 588 milhões reivindicado pela empresa. A presença da agência reguladora nessa arbitragem dependerá do aval do poder concedente.

Com investimentos da ordem de R$ 2,2 bilhões, a área STS-10 tem previsão de licitação para o primeiro trimestre de 2022. O arrendamento será dedicado a um terminal para movimentação e armazenagem de cargas conteinerizadas, com capacidade estática de 47.547 TEU ao final do contrato.

5)  Segmento de galpões volta os olhares para a energia solar

De acordo com a Associação Brasileira de Energia Solar (Absolar), o Brasil entrou para a lista dos dez países que mais instalaram sistemas de energia solar em 2020.

A sustentabilidade é uma pauta que tem ganhado espaço em companhias de todos os segmentos. Diante desse cenário, a Tópico, empresa brasileira de locação de galpões lonados, desenvolveu um sistema pioneiro de fornecimento de energia limpa para armazéns por meio de placas solares.

Por meio do “Tópico Solar”, a empresa possibilita, também, a instalação dessas placas em galpões localizados em regiões remotas, onde a rede elétrica não chega e a armazenagem ficava impossibilitada.

6) AILOG lança API que identifica pedágios em rotas traçadas

A AILOG Tecnologia desenvolveu uma API que facilita, e muito, a forma como você obtém os valores de pedágios das suas rotas.

Com a nova API será possível obter o valor detalhado de cada praça que estiver dentro do percurso em uma rota traçada nas principais plataformas de mapas do país, como: Google Maps, TomTom e Open Street Map. Ou, se preferir, os usuários poderão enviar o desenho da rota (Polyline) para obter todas as informações da rota.

7) Exportações do agronegócio têm novo recorde em junho

As exportações do agronegócio em junho deste ano atingiram a cifra recorde para o mês, de US$ 12,11 bilhões, o que representa uma alta de 25% comparado aos US$ 9,69 bilhões embarcados em junho de 2020.

O aumento dos preços internacionais dos produtos agropecuários exportados pelo Brasil em 30,4%0 foi a principal variável responsável por este valor recorde.

——–

Por hoje é isso!

Deixe seu comentário abaixo e nos vemos em breve 🙂

Compartilhar este post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao Blog